Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Inicio » Noticias da comunidade » 

[News] Jovem dos Lizzard Squad confessou mais 50 mil crimes e não é preso

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Um jovem que pertence ao grupo Lizzard Squad que estava condenado a mais de 50.000 crimes informáticos não vai passar qualquer tempo na prisão.

Embora tenha confessado atacar 50.700 sistemas informáticos, o jovem de 17 anos, Julius “zeekill” Kivimak, ficou apenas com pena suspensa durante dois anos e com a internet monitorizada pela polícia.

A Lizard Squad ficou conhecida pelos ataques à Sony e PlaySatation, que deixaram milhões de pessoas impedidas de jogar durante épocas festivas.

Quem não deve ter ficado muito contente terá sido Blair Strater (r000t), a quem o jovem de 17 anos fez a vida negra. Alem de lhe ter roubado as suas identidades, cortou-lhe a luz, a internet, encomendou pizzas e até chegou a enviar a polícia à sua residência com falsas informações de que um membro da família teria sido assassinado. Tudo isto durante 3 anos.

Este hacker foi apanhado da forma mais ridícula que pode haver, deu uma entrevista com a sua Webcam à Sky News.

A fama foi o seu fracasso. A partir da entrevista foi possível identificar o menor de idade e julga-lo num tribunal da Finlândia.

Aqui fica a entrevista que ele deu e que resultou na captura:



Fonte:  HackersPortugal



Ver perfil do usuário
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Tudo bem que cometeu crime e que não fez nada de jeito. Mas uma coisa que foi dita é bem verdade...
A sério que houve tanto problema em não poder jogar durante o Natal e Ano Novo? Não há nada melhor para fazer nessas alturas?
Isso mostra que está tudo cada vez mais dependente de jogos e cada vez a interação social é deixada de lado. Somos humanos, não máquinas, estamos a cortar o que é natural fazermos.

De qualquer forma, o gajo também não tinha nada melhor para fazer nas épocas festivas senão andar a hackear coisinhas sem importância nenhuma? Ainda se hackeasse alguma coisa que desse para divulgar montes de fraudes por aí. Nesse caso sim batia-lhe palmas.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum