Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Inicio » Noticias da comunidade » 

[News] Acções da Ubisoft caem 9% após o lançamento de Unity

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

sonic2099

avatar
Co-Administrador

A Ubisoft fechou o dia de ontem nas bolsas europeias com uma quebra de 9% nas suas acções, após o lançamento de Assasin's Creed: Unity, considerada uma das suas franquias mais importantes.

O site Yahoo Finance atribuiu esta queda às análises que não abonam a favor do jogo e à pontuação actual do jogo no Metacritic que tem uma média de 76 na Xbox One e 81 na PS4, afirmando que o mercado "notou a fraca resposta" e posteriormente "puniu a companhia por isso."

"Os erros do jogo e o fraco desempenho tem sido alvo de chacota na Internet," disse Tae Kim, editor do Yahoo Finance. "Existem milhares de posts nos mais diversos fóruns e no YouTube que mostram glitches gráficos, crashes e problemas de frame-rate."

"Assassin's Creed Unity está a relembrar os jogadores dos problemas que Battlefield 4 da EA teve no ano passado. A Ubisoft deveria ter adiado Unity tal como a Take-Two faz habitualmente com os seus jogos Grand Theft Auto, em vez de lançá-lo neste estado," concluiu Kim.


Fonte: EuroGamer.pt



Ver perfil do usuário
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Adorei esta noticia, a ubisoft anda a armar-se em parva, é bem feita...Este ano parece que a ubisoft quer concorrer com a EA para a pior empresa, jogos cheios de DLCs pagos, DLCs em cremes de barbear, e temos como exemplo o Watch dogs, que antes de ser adiado, a ubisoft já estava a planear DLCs.

Muito triste isto e espero que cada vez mais pessoas digam NÃO aos DLCs de qualquer que seja a empresa.

Forbes chama Ubisoft de nova EA

Depois das várias criticas a Assassin's Creed: Unity, provavelmente o jogo mais importante do ano para a Ubisoft, o ano 2014 será decididamente marcante pela negativa para a companhia francesa.

Depois de ontem terem sofrido uma queda de 9% na bolsa de valores, a Ubisoft viu hoje a prestigiada revista de negócios, Forbes, chamar-lhe de nova Electronic Arts.

Paul Tassi, o autor do artigo da revista, diz que a Ubisoft é a nova EA devido à sua reputação de lançar jogos inacabados e de adicionar nos seus jogos a preço completo micro-transacções dignas de jogos free-to-play.

O artigo começa por enumerar uma série de incidentes em que a Ubisoft se viu envolvida durante este ano, como foi o caso do downgrade gráfico de Watch Dogs, a ausência e a respectiva justificação de não haver personagens femininos em Unity, o caso da paridade entre versões também de Unity, a decisão de bloquear Unity nos 30 FPS, entre outros.

Tassi falou também de como a EA perdeu a confiança dos consumidores após o lançamento de Battlefield 4, a implementação de micro-transacções em jogos de 60 dólares, e da polémica que envolveu um Sim City que deveria ter um online permanente. No entanto, enquanto que a EA está a tentar limpar a sua imagem ganhando a confiança dos consumidores, a Ubisoft parece estar destinada a ocupar a má posição que a EA tem vindo a tentar deixar para trás.


Fonte: EuroGamer.pt

Mais uma vez, adorei a noticia Razz

Espero bem que a ubisoft abra os olhos porque tem bastantes jogos bons e está a disperdiça-los.

Ubisoft muda as suas políticas após lançamento desastroso de AC: Unity


Após o lançamento desastroso de Assassins Creed: Unity, com muitos bugs e problemas de FPS, a Ubisoft prometeu mudar a forma de como ela interage com os críticos de jogos e com a comunidade de gamers em geral.

Ubisoft escreveu:Estamos a trabalhar para adaptar os nossos serviços com os consumidores, mudando a nossa forma de trabalhar com os críticos e oferecendo aos nossos clientes betas abertos e acessos antecipados a alguns jogos, tudo para que eles tenham as informações que eles precisam.

Explicando alguns dos problemas de Assassins Creed: Unity e também das notas de review que chegaram 12 horas após o lançamento do jogo, o representante disse que isto é culpa da evolução da natureza dos jogos. Os jogos de hoje estão cada vez mais on-line, o que muda muito as coisas.

Ubisoft escreveu:Ter elementos on-line e mundos muito povoados é essencial para criar uma experiência completa para os analistas. Alcançar esta meta antes do lançamento é difícil, por isso alguns jogos estão a ser analisados mais tarde, como é o caso de Destiny.

A Ubisoft já reconheceu os problemas de AC: Unity e já está a trabalhar em correções para todas as versões do jogo.

Gamespot


Isso foi praga por não terem lançado o jogo para a PS3! XXD

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum